Medidas de sustentabilidade na quarentena

Por Letícia Maria Klein •
19 março 2020
Chegou a hora de um movimento mundial em massa. As crises, e dentre elas estão as pandemias, servem para gerar reflexão e mudar padrões, levando a novos pensamentos, atitudes e estilos de vida. O novo coronavírus fez o mundo inteiro, sem hipérbole, ter os mesmos objetivos e estabelecer metas em comum para conter a propagação da doença. 

Como toda crise gera oportunidades, desde janeiro tem aparecido consequências positivas geradas pela Covid-19, como a diminuição da poluição na China e na Itália (devido à desaceleração das indústrias) e a retomada do sentimento de pertencimento à comunidade, com conversas a distância entre vizinhos e cantoria nas janelas. Esses são dois exemplos de cuidados do tripé da sustentabilidade de Satish Kumar. Para completar o trio “cuidar de si, do outro e do meio”, seguem abaixo algumas medidas sustentáveis para adotar durante a quarentena (e claro, depois dela também). 


 

  • Com tanto tempo em casa, fica mais fácil separar uma parte dele para você mesmo. Para se perceber, refletir sobre seus sentimentos e emoções, seus dias, sonhos e como transformá-los em realidade por meio de objetivos e metas. Separe um momento diário para se cuidar, meditar, se exercitar, dançar, ler, ver filmes, cozinhar, enfim, qualquer coisa que te faça sentir bem consigo mesmo e traga aquela sensação de aconchego.

  • Esta também é uma grande oportunidade para exercitar a caridade, a generosidade e a humildade. O mercado é um bom lugar para fazer isso: compre e consuma somente o suficiente para os próximos dias. Não precisa estocar comida para o ano. Vivemos em sociedade e estamos num momento em que o pensamento sobre o coletivo é essencial.

  • Quando fizer compras, já tenha em mente as receitas que você pode fazer naquela semana para que consiga utilizar todos os alimentos frescos e eles não estraguem, assim não tem desperdício de comida nem de dinheiro.

  • Outra dica importante em relação aos alimentos é utilizá-los integralmente, incluindo casca, sementes, folhas e talos. Além de diminuir o desperdício, você produz mais comidas a partir de uma. Alguns exemplos:
    - Casca e sementes de abóbora assadas com sal e azeite servem como aperitivo.
    - Folhas de cenoura podem ser usadas para fazer caldo de legumes ou cortadas e usadas como tempero.
    - Folhas de beterraba também são um ótimo aperitivo quando assadas com sal e azeite.
    - Sementes de melão deixadas de molho em água mora e depois batidas com água fresca viram leite vegetal.
    Neste post tem um passo a passo para você nunca mais desperdiçar comida na sua vida.

  • Como você passará mais tempo em casa, adote medidas de economia de eletricidade: feche ambientes em que o ar condicionado está ligado, apague luzes de ambientes vazios, tome banhos rápidos de até cinco minutos, aproveite o sol e o vento para secar roupas. Tem mais dicas para reduzir o consumo de energia elétrica aqui.

  • O mesmo vale para água: feche a torneira para ensaboar as mãos, escovar os dentes, fazer a barba etc, feche o chuveiro enquanto se ensaboa, reaproveite água fria do chuveiro para descarga e várias outras dicas de economia de água em casa que estão neste post.

  • Com mais tempo em casa, aproveite para dar muita atenção a suas plantas: ver se elas precisam de adubo (que você pode pegar do seu minhocário ou composteira), de um replantio, de um novo lugar na casa, de mais nutrientes (pode usar o biofertilizante do minhocário também). Conversar com elas também é importante, afinal, são seres vivos que moram na sua casa.

  • Brinque mais com seu bichinho de estimação. Nada como carinhos e brincadeiras com seu animalzinho para deixar todos em casa mais alegres e calmos.

  • Se você tem crianças em casa, é uma ótima oportunidade para apresentar brincadeiras analógicas e jogos de tabuleiro, que faziam a nossa festa quando nós éramos pequenos. É uma forma de unir a família e ficar off-line, longe de tv, computador e celular.

Assim, vamos cuidando de nós, dos outros e do planeta, tanto com ações diretas quanto indiretas. Ah, claro, lembre-se de lavar muito bem as mãos várias vezes por dia, passar álcool ao entrar e sair de qualquer lugar (se não tiver em gel, pode usar um borrifador para aplicar o líquido nas mãos), espirrar e tossir no cotovelo, evitar aglomerações e contato físico. 

Essa fase que estamos vivendo é mais um excelente exemplo de como cada pessoa tem um grande poder e uma grande responsabilidade na teia da vida. Fique bem!

Um ecobeijo e até breve.

0 comentários:

Postar um comentário

Oi, tudo bem? Obrigada por passar aqui! O que achou do post? Comente aqui embaixo e participe da conversa.

© 2013 Sustenta Ações – Programação por Iunique Studio