Alternativas ao uso da sacola plástica para colocar o lixo

Por Letícia Maria Klein •
01 outubro 2019
“Mas daí eu vou ter que comprar aqueles sacos de lixo se eu não usar a sacolinha”. Essa é uma das frases que eu mais escuto quando digo que não pego sacola de plástico no mercado nem em lojas. Olhe a resposta linda: não, você não precisa comprar! “Mas o que tu usas na lixeira?” vem logo depois. Mais lindo ainda: alternativas sustentáveis, é claro. Quais são? Como fazer? Leia até o fim e abandone de vez essas pragas plásticas.

Faz alguns anos que eu sou adepta das sacolas reutilizáveis. Tenho uma de pano que fica bem pequenina na bolsa. Quando vou ao mercado ou à feira, levo outras, grandes, para trazer as compras. Com isso, deixei de usar sacolas plásticas para colocar o lixo do banheiro, os resíduos orgânicos (que vão direto para meu minhocário) e os materiais recicláveis. 

Como nós precisamos de alguma coisa para colocar os resíduos dentro, comecei a utilizar as próprias embalagens de alguns produtos como saco de lixo. Para os resíduos recicláveis, eu uso embalagens plásticas de pão, arroz, feijão, macarrão, batata frita congelada, entre outros, que são grandes o suficiente para acondicionar os resíduos, cuja maioria são outras embalagens. 



O que eu também uso, especialmente para colocar vidros, é caixa de papelão. Muitos mercados já disponibilizam caixas para os clientes colocarem suas compras. Elas também são boas para colocar papéis e embalagens de papelão para a reciclagem. Assim, tanto a embalagem quanto o conteúdo são do mesmo material, o que facilita na hora da triagem. Outra solução para embrulhar vidros é folheto de mercado ou jornal, especialmente se houver cacos. Eu também já usei embalagem metálica de entrega de comida, tipo marmita.

Para os resíduos orgânicos, a solução é a compostagem! Não manda para o aterro sanitário, não, pessoa linda. Tenho conhecidos que batem os restos de alimento no liquidificador com um pouco de água e dão como adubo para plantas. É uma alternativa se você ainda não tem um minhocário ou composteira. 

De qualquer forma, quando precisar de embrulho para os resíduos orgânicos, a melhor saída é o saco de papel, que decompõe muito mais rápido no aterro do que o plástico e tem uma origem renovável. Podem ser sacos de pão da padaria ou embalagens de papel de alguns alimentos. No site do Instituto Akatu, tem um passo a passo de como fazer um saquinho de lixo com jornal; encartes ou folhetos de mercado também servem. Tem lojas que dão sacolas de papel, outra alternativa.

Para o lixo do banheiro, que inevitavelmente vai para o aterro sanitário, eu geralmente uso saco de pão ou de entrega de comida, que tem um tamanho compatível com a minha lixeira. Além de ser mais sustentável, o uso do papel para acondicionar os resíduos sanitários diminui o odor, então é outra vantagem.

Gostou? Já faz algo assim? Faz diferente? Comente aqui embaixo.

Um ecobeijo e até breve.

0 comentários:

Postar um comentário

Oi, tudo bem? Obrigada por passar aqui! O que achou do post? Comente aqui embaixo e participe da conversa.

© 2013 Sustenta Ações – Programação por Iunique Studio