Saneamento em Blumenau – Semana do Meio Ambiente 2014

Por Letícia Maria Klein •
20 junho 2014

Palestra perfeita para entender o projeto de saneamento básico em Blumenau, compreender a importância do tratamento de esgoto e saber sobre o cronograma de obras na cidade. Quem falou foi o gerente operacional da Foz do Brasil, Cleber Renato Virginio da Silva. A Foz, que muda seu nome para Odebrecht Ambiental em julho, é a empresa concessionária que faz as obras e a manutenção do tratamento de esgoto em Blumenau. Para ficar por dentro do projeto de saneamento da cidade, dê uma olhada abaixo nas informações da palestra. 

Primeira coisa, separar alhos de bugalhos. A Foz do Brasil é responsável pelo esgoto. Água e lixo são departamento do Samae (Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto de Blumenau). Os três vêm descritas na fatura de água, sendo que o valor da taxa de lixo é baseado no volume de água consumido e o valor do tratamento de esgoto fica em torno de 100% do custo do consumo de água. Ou seja, o dobro.



Abro breves parênteses aqui. Não foram poucas as pessoas que reclamaram do aumento da fatura de água quando o tratamento de esgoto começou a ser implantado em Blumenau. Sinceramente, por que é tão fácil ver preço e tão difícil ver o valor da coisa em si? O bem que o tratamento de esgoto traz ao meio ambiente e à sociedade compensa qualquer investimento. 

Eu gostei do comentário que o presidente da Faema (Fundação Municipal do Meio Ambiente), Jean Naumann, fez após a fala de um participante de que sua conta de água tinha dobrado de 30 e poucos para 70 e poucos reais. Como ele disse, qualquer almoço ou jantar em família ou amigos sai mais caro que isso e vale só por aquele momento, enquanto que a taxa do tratamento de esgoto é paga uma vez por mês e dura por semanas. 

Na hora de dizer que precisamos ser sustentáveis e cuidar do meio ambiente, muita gente se dispõe a falar; agora na hora de agir, a postura é outra. Cadê a coerência? Cadê a coletividade? Cadê a preocupação com os outros e o meio em que vivemos? Mandemos a hipocrisia às favas, minha gente. Muito mais que preço, as coisas têm valor. Que apreciemos o valor do tratamento do esgoto e paguemos a devida conta com orgulho e consciência de sua importância. Fim dos (talvez não tão breves) parênteses.

Quando a Foz assumiu a concessão, em 2010, a cidade tinha apena 4,8% do seu esgoto tratado, que contemplava a rua XV de Novembro, a Beira-rio e o bairro Garcia. Hoje, 30% das residências de Blumenau têm tratamento de esgoto. 

Estação de Tratamento de Esgoto do bairro Fortaleza, 
em foto tirada por mim no roteiro dos resíduos em 2013.

O cenário anterior, de menos de 5%, contribuía para que Santa Catarina figurasse entre os piores estados brasileiros em relação ao tratamento de esgoto. O estado ocupa a 19º posição entre os 26. De todas as cidades pelas quais o Rio Itajaí-Açu passa, Blumenau é a que mais o polui, sendo responsável por sujar 40% do rio

Um dado muito importante: a vazão dos canos de esgoto está prevista para a demanda que a cidade terá em 2050. Até lá, todos os 1.100 km de tubulações da rede de esgoto, equivalentes aos 1.100 km de rios e córregos da cidade, estarão implantados. De acordo com o cronograma da Foz, as obras para implantação do sistema de tratamento de esgoto devem terminar em 2026. Depois disso, quando estiver concluída a universalização do sistema de tratamento de esgoto (como é chamado o processo), a Foz continua operando o sistema. Como Cleber explicou, o trabalho da Foz não é fazer obra, é tratar o esgoto. 

No ano passado, durante a Semana do Meio Ambiente 2013, eu participei do roteiro de resíduos em Blumenau, que incluiu uma visita à Estação de Tratamento de Esgoto do bairro Fortaleza. Se você ainda não leu e quiser saber como funciona o tratamento de esgoto da cidade, dê uma olhadinha no post sobre o roteiro. Para saber mais sobre o assunto, vale uma visita ao site da Foz do Brasil. Está bem legal e traz muitas informações sobre o sistema de tratamento de esgoto.

0 comentários:

Postar um comentário

Olá, muito obrigada por passar aqui! Comente o que achou da postagem e em breve respondo.

© 2013 Sustenta Ações – Programação por Iunique Studio